Energia solar fotovoltaica

No ano de 2012, foi posto em marcha no Brasil, um plano de energia solar fotovoltaica, com a introdução de regulação na geração de potência distribuída. Esta medida visa promover a penetração de sistemas solares fotovoltaicos de geração distribuída, com potências até 1 MW (micro e mini geração).

 

A resolução normativa nº 482/2012 da ANEEL estabeleceu um programa de compensação de energia gerada pelo consumidor. A nova normativa irá promover a instalação de sistemas de geração de energia renovável, interligando-os com a rede de distribuição. Baseado neste enquadramento legal, a expectativa de vendas de equipamentos e serviços deste setor disparou. Atualmente, o Brasil tem instalados apenas 20 MW de potência solar fotovoltaica, principalmente em sistemas isolados, não conectados à rede de uma distribuidora.

 

O Brasil apresenta níveis de exposição solar muito favoráveis à implementação de instalações geradoras fotovoltaicas, razão de se afirmar com total segurança que a energia fotovoltaica se apresenta ao mercado, como a melhor opção para geração de energia limpa.

Por tudo isto, o Ministério de Minas e Energia, informa que no período de 2008 a 2017 estão previstos vultosos investimentos públicos e privados, na ampliação do parque energético solar nacional.

Deixe seu comentário